Destaques | da redação/com Assessoria | 18/10/2014 19h21

"Canta-Dores do Pantanal" acontece na segunda-feira

Compartilhe:

Campo Grande (MS) - Numa iniciativa da UFMS, através do Projeto “Shows de Segunda, Sons de Primeira”, a comunidade universitária e toda comunidade de Campo Grande estão convidados a assistir a apresentação única do  Grupo ACABA – Canta-Dores do Pantanal, um dos principais representantes dos movimentos musicais de Mato Grosso do Sul; pioneiro no campo da pesquisa, vivência e observação das manifestações culturais e folclóricas da região pantaneira.

O Grupo ACABA, num pioneirismo comprovado, através de sua temática musical e linguística norteou todas as vertentes culturais de Mato Grosso do Sul, sendo o mesmo objeto de estudos e monografias acadêmicas.

O GRUPO ACABA – Canta-Dores do Pantanal – surgiu em 1969, em meio às grandes revoluções culturais do mundo, como o intuito de pesquisar, desenvolver e divulgar o folclore de nosso Estado, e por razões de naturalidade se voltou ao Pantanal como tema.

Suas composições traduzem o grito de socorro e de advertência em defesa do autêntico povo pantaneiro, sua  rude e primitiva cultura, e do último santuário ecológico ainda não poluído pelo homem.  É a vibração do último gemido dos Itatins, dos Guatós e dos Ofaié-Xavantes, dos tropéis dos Cavaleiros Guaicurus, do silente deslizar do batelão, em busca de Kananciuê, o Deus Maior;  o triste canto do biguá e o grito sufocado da ariranha, pedindo um céu e um rio onde possam sobreviver.

Pela  sua contribuição à cultura, ecologia e meio ambiente,  o ACABA já recebeu  diversas premiações em festivais e mostras musicais. Participou   do Projeto Pixingão- RJ, 1º Canto das Águas,  Festival América  do Sul em Corumbá, Festival de Inverno de Bonito, entre outros. Representou ainda o Mato Grosso do Sul  na  Rio 92- Conferência Mundial de Desenvolvimento e Meio Ambiente, e em 2009 apresentou a Sinfonia Ecologica Brasileira em Havana, na Conferencia Muncial de Desenvolvimento Cultural.

O Grupo ACABA, com diversas premiações e homenagens pelo valioso trabalho em favor do Pantanal e das nações indígenas,  mantém nestes 45 anos de carreira ainda os mesmos ideais e formação:Francisco Saturnino Lacerda Filho- Publicitário, empresário, compositor, percussão e voz;Moacir Saturnino de Lacerda  -Engenheiro, professor, compositor, percussão e voz;Vandir Nunes Barreto - Contador, compositor, violão, craviola e voz; 
Antonio Luiz Porfírio - Comerciante, compositor, baixo acústico e voz;
Alaor Pereira de Oliveira - Pecuarista, compositor, violão e voz;
José charbel Filho – Engenheiro Civil, professor, compositor, viola, tumbadora e voz;
Jairo Henrique de Almeida Lara – Engenheiro Agrônomo, compositor, violão e voz;
Douglas Santos  – Promotor, professor, teclados e voz;
Tião César – Músico, compositor e acordeon.
Carlos Batera – Musico profissional, bateria, voz e efeitos.

Esta é uma grande oportunidade  aberta aos acadêmicos de rever, ou  conhecer o trabalho significativo do Grupo ACABA.

O Show  ALMA PANTANEIRA acontece no próximo dia  27 de outubro (segunda  feira), às  20 horas, no Teatro Glauce  Rocha - UFMS
ENTRADA  FRANCA.
Apresentação Única.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS