Ensaio Geral - III Encontro Estadual do Geopark Bodoquena-Pantanal debate no FestBonito
Pantanal | Da Redação/Com Notícias MS | 26/07/2012 12h19

III Encontro Estadual do Geopark Bodoquena-Pantanal debate no FestBonito

Compartilhe:

Acontece nesta quinta-feira (26), dentro da programação do 13º Festival de Inverno em Bonito, o III Encontro Estadual do Geopark Bodoquena-Pantanal. O objetivo do encontro é discutir o conceito de geopark e definir as estratégias a serem utilizadas para um melhor modelo de gestão a ser aplicado no Geopark Bodoquena Pantanal, fazendo com que o este passe a fazer parte da Rede Global de Geoparks.

Para isso, geólogos da Unesco e de Portugal mostrarão suas experiências com outros geoparks, reconhecidos pela rede. O evento será realizado no Centro de Convenções de Bonito (http://www.ccbonito.com.br) e destina-se aos membros do conselho gestor, representado pelos 13 municípios que compõem o Geopark Bodoquena-Pantanal. O Encontro também será aberto ao público, principalmente para pesquisadores, estudantes e profissionais ligados ao setor de turismo. 

O Geopark Estadual Bodoquena-Pantanal compreende uma região de Mato Grosso do Sul onde existem diversas riquezas geológicas, tais como grutas, pedreiras, baías, minas, cachoeiras, nascentes, monumentos e 45 geossítios já cadastrados e catalogados. 

A área envolve aproximadamente 20.000 quilômetros quadrados das regiões Oeste e Sudoeste do Estado, nos territórios de Anastácio, Aquidauana, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Caracol, Corumbá, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Ladário, Miranda, Nioaque e Porto Murtinho.

O georpark foi criado pelo Decreto estadual nº. 12.897, de 22/12/2009, porém, ainda aguarda seu reconhecimento perante a Unesco. Por enquanto, o único geopark reconhecido oficialmente pela Unesco no Brasil é o Araripe, no Ceará. Ao todo, existem atualmente 57 geoparks espalhados ao redor do mundo.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS