Geral | Com FCMS | 01/04/2024 14h22

Dia da Mulher Artista entra para o calendário oficial de eventos de MS

Compartilhe:

O Dia da Mulher Artista entra para o calendário oficial de eventos de MS e será celebrado todo dia 22 de março, numa homenagem à pintora, escritora e compositora Lídia Bais, que na mesma data comemora-se o seu nascimento. A data foi estabelecida através da Lei nº 6.204, de 20 de março de 2024, publicado no Diário Oficial do Estado. Como uma precursora das artes plásticas no estado, Lídia Baís é homenageada por sua contribuição para a cena artística sul-mato-grossense.

“A importância desta data para todos nós, em primeiro lugar, é pelo fato de ser relembrada a data de nascimento da Lídia, a nossa pequena na estatura mas uma mulher gigante que merece ser lembrada e relembrada e comemorada e ter todas as suas obras revisitadas. Outro ponto importante é que esta data destaca a multiplicidade, não fecha apenas na artista visual que a Lídia era, mas a artista múltipla que ela era e que leva em consideração as tantas artistas múltiplas que nós temos também. Este é um espaço que as mulheres artistas de Mato Grosso do Sul ganham e que a Lídia ganha em relevância por tudo aquilo que ela fez e continua fazendo. Porque ela continua levando nosso nome a outros estados e outros países, assim como as nossas artistas daqui, que continuam lutando para levar o seu trabalho além das fronteiras”, afirmou a coordenadora do Sistema Estadual de Museus de MS, Cristiane Freire.

A iniciativa visa homenagear e fomentar a produção artística de autoria feminina na região, reconhecer e valorizar a contribuição das artistas mulheres para a cultura de MS e incentivar a realização de eventos, exposições e atividades de promoção da arte produzida por mulheres em todo o estado.

Nesta data serão promovidas ações de fomento à produção artística de autoria feminina em todo o estado de Mato Grosso do Sul. Serão promovidos debates, seminários e atividades educativas sobre o papel da mulher na arte sul-mato-grossense, além da divulgação de seus trabalhos artísticos.

A artista

Lídia Baís nasceu em 22 de abril de 1900 na cidade de Campo Grande/MS e aqui faleceu, em 10 de outubro de 1985. Sua produção artística delineia-se por signos que marcam uma trajetória de resistência. Ela é considerada precursora das artes plásticas de Mato Grosso do Sul. Vida e obra da artista suscitam diferentes manifestações artísticas e culturais que buscam manter viva a memória da arte feminina do estado.

Ao ressignificar a própria história, a artista aprofundou-se na reflexão sobre a família, a trajetória de vida, os assuntos de cunho espiritual que também contribuíram para que ela refletisse sua presença no mundo como mulher e artista. Suas representações pictóricas questionaram a sociedade, assim como a sociedade refletiu no seu processo criador dando origem a uma obra complexa e transgressora.

A espiritualidade relacionada à produção artística e intelectual é uma marca importante nos trabalhos de Lídia Baís. Ainda jovem inclinou-se aos temas espirituais, pintou, compôs músicas escreveu, rezou e passou vários dias em jejum, doou parte de seus pertences aos pobres que batiam a sua porta pedindo ajuda e permaneceu por longos períodos enclausurada no ateliê pintando e compondo músicas ao piano.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS