Ensaio Geral - Play Hard é a campeã de Naviraí do 2º Torneio de Robótica
Tecnologia | Da Redação/Com Dourados Agora | 14/09/2015 17h39

Play Hard é a campeã de Naviraí do 2º Torneio de Robótica

Compartilhe:

A equipe Play Hard foi a grande campeã de Naviraí do 2º Torneio Interclasse de Robótica das Escolas do Sesi realizado na sexta-feira (11/09) na quadra poliesportiva do CISS (Centro Integrado Sesi Senai). Trata-se da quinta cidade a promover a competição, que já foi realizada em Campo Grande (08/08), Corumbá (15/08), Dourados (29/08) e ainda chegará à escola do Sesi de Aparecida do Taboado (19/09).

Segundo a diretora da Escola do Sesi de Naviraí, Paula Nudimila de Oliveira Silva, o torneio foi uma experiência única e emocionante, pois os alunos tiveram a oportunidade de vivenciar experiências incríveis e desenvolver habilidades tecnológicas, além de participar de uma competição saudável, com espírito de equipe e de maneira lúdica. “A região do conesul do Estado foi presenteada com esse evento fantástico que muito contribuiu para a aprendizagem dos alunos”, garantiu.

Para a professora articuladora da Escola do Sesi de Naviraí, Andressa Brusarosco Andrade, a competição de robótica é um evento que demanda muito trabalho, porém gera muita satisfação. “Foi motivo de orgulho ver nossos alunos envolvidos e desenvolvendo trabalhos em níveis incríveis. O resultado alcançado foi muito satisfatório”, analisou.

Na avaliação da gerente do Senai de Naviraí, Sandra Mara Denega, que é mãe do aluno Gustavo Denega, do 7º ano do Ensino Fundamental, o evento foi importante e empolgante. “Importante pelo envolvimento dos alunos, pois eles passaram as últimas semanas organizando e se preparando para o evento e empolgante para presenciar um evento desses. Além de ser uma oportunidade de a escola abrir suas portas para os pais e amigos dos alunos efetivamente conhecer os trabalhos realizados, o que não é possível em dias comuns pela rotina de trabalho”, declarou.

O torneio - O 2º Torneio Interclasse de Robótica apresenta aos estudantes de 10 a 16 anos de idade o mundo da ciência e da tecnologia com a construção de robôs utilizando peças de Lego e programados com tecnologia Lego Mindstorms NTX. A competição teve três equipes participantes – Team Fury, Robotic Heroes e Play Hard. A técnica de educação do Sesi, Juliana de Alencar Nicolau, explica que o tema da temporada 2015/2016 do Torneio de Robótica é “Como cuidamos do nosso lixo” e os competidores terão de desenvolver projetos de pesquisa inovadores que poderão, quem sabe, ajudar milhões de pessoas no futuro.

“Durante esse processo, novos horizontes são abertos para que os participantes desenvolvam o interesse pela ciência e tecnologia e descubram novas possibilidades de carreira”, detalhou Juliana Nicolau. A competição tem quatro etapas e os alunos serão avaliados nas categorias projeto de pesquisa, core values, design do robô e desafio do robô. No primeiro caso, os alunos devem apresentar uma solução inovadora em conformidade com o tema da temporada do torneio, enquanto no core values os alunos são submetidos a uma atividade em grupo onde os juízes analisam se os valores do torneio foram contemplados (trabalho em equipe, competição amigável e aprender divertindo-se).

No design do robô, os juízes vão avaliar, nos quesitos desenho mecânico, estratégia e inovação na programação, os robôs criados pelos alunos. Já no desafio do robô as máquinas são projetadas e programadas pelos membros da equipe para executar uma série de tarefas, ou missões, durante partidas de 2’30’’ em uma mesa de competição que reflete o tema do mundo real para aquela temporada. Após a competição, os juízes vão apontar as equipes campeãs, sendo que os alunos serão premiados com medalhas e os times receberão um certificado de reconhecimento na categoria premiada (pesquisa, core values, design robô ou desafio do robô).

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS