Ensaio Geral - 2º Torneio de Robótica do Sesi define campeões
Tecnologia | Da Redação/Com Dourados Agora | 10/08/2015 16h57

2º Torneio de Robótica do Sesi define campeões

Compartilhe:

A equipe Wall-e foi a grande campeã de Campo Grande no 2º Torneio Interclasse de Robótica das Escolas do Sesi, que foi realizado neste sábado (08/08), na sede da Escola do Sesi na Capital. A competição busca estimular o raciocínio lógico e o desenvolvimento de habilidades dos estudantes e contou com a participação de 147 alunos do 6º ano ao 1º ano do Ensino Médio.

A diretora da Escola do Sesi de Campo Grande, Glaucia Campos, destacou que o objetivo é estimular o estudo da ciência e tecnologia, além do trabalho em grupo. “Com o tema ‘Como cuidamos do nosso lixo’ os competidores terão de desenvolver projetos de pesquisa inovadores com foco na reutilização, reciclagem e redução de consumo”, detalhou.

Durante a competição, os robôs foram programados para executar determinadas atividades, sendo que os alunos tiveram de montá-los utilizando o Lego Zoom, considerada uma metodologia didática que permite a resolução de determinadas situações problemas. Os robôs realizaram atividades como desligar uma lâmpada, fechar uma torneira e retirar o lixo (representado por argolas) de um lago, entre outras.

Cada série recebeu um nome e foi representada por uma cor, sendo que a Wall-e foi representada pela cor amarela e reuniu alunos do 8º ano do Ensino Fundamental, enquanto os alunos do 9º ano escolheram a cor azul e recebeu o nome de equipe Nonobôs. A equipe do 1º ano do Ensino Médio recebeu o nome Los Catrina e foi representada pela cor branca, enquanto o 7º ano levou o nome de The New Generation e teve a cor verde e o 6º ano escolheu o nome Save The Planet Lego e foi representada pela cor roxa.

Para a aluna do 9º ano, Isabelli dos Santos Araujo, 14 anos, o aprendizado é que vale nesse torneio, que também acaba sendo uma divertida brincadeira. “O ideal é levar o que a gente aprendeu aqui para as nossas vidas. Nós pesquisamos e fomos atrás de tudo. Fizemos caixinha pra presente e porta retrato com caixinhas de leite e utilizamos outros recicláveis como garrafa pet, latinhas”, comentou.

Camila da Silva Sales, 12 anos, aluna do 8º ano, disse que aprendeu sobre coleta seletiva e como podemos reciclar reaproveitando resíduos. “É muito importante aprendermos para ajudar o meio ambiente, pois sem ele não vivemos. Então, realizamos pesquisas e apresentamos soluções”, declarou.

O torneio - Para apresentar aos estudantes de 10 a 16 anos de idade o mundo da ciência e da tecnologia com a construção de robôs utilizando peças de Lego e programados com tecnologia Lego Mindstorms NXT, as escolas do Sesi de Mato Grosso do Sul promovem a 2ª edição do Torneio Interclasse de Robótica. A competição, que teve início neste sábado (08/08) na Escola do Sesi de Campo Grande, prossegue no próximo dia 15 de agosto será na Escola do Sesi de Corumbá, no dia 22 de agosto na Escola do Sesi de Três Lagoas, no dia 29 de agosto na Escola do Sesi de Dourados, no dia 12 de setembro na Escola do Sesi de Aparecida do Taboado e no dia 19 de setembro na Escola do Sesi de Naviraí, totalizando 900 alunos do Ensino Fundamental II e 1º ano do Ensino Médio.

Segundo a gerente de Educação do Sesi, Simone Cruz, o torneio vai fomentar a pesquisa, contribuindo para uma aprendizagem significativa e desenvolvendo conhecimentos tecnológicos e científicos por meio da robótica. “A nossa intenção é contribuir para o desenvolvimento de competências para o mundo do trabalho, incentivando a realização de tarefas em equipe para a solução de problemas de forma inovadora. O torneio também serve para divulgar uma prática pedagógica inovadora das escolas do Sesi, ampliando a visibilidade e credibilidade da marca”, pontuou.

Já a técnica de educação do Sesi, Juliana de Alencar Nicolau, reforça que os estudantes serão reunidos em times de até dez integrantes sob orientação de um professor, sendo cinco equipes na Capital, sete em Corumbá, dez em Três Lagoas, sete em Dourados, quatro em Aparecida do Taboado e três em Naviraí. “O tema da temporada 2015/2016 do Torneio de Robótica é ‘Como cuidamos do nosso lixo’ e os competidores terão de desenvolver projetos de pesquisa inovadores que poderão, quem sabe, ajudar milhões de pessoas no futuro. Durante esse processo, novos horizontes são abertos para que os participantes desenvolvam o interesse pela ciência e tecnologia e descubram novas possibilidades de carreira”, detalhou.

A competição tem quatro etapas e os alunos serão avaliados nas categorias projeto de pesquisa, core values, design do robô e desafio do robô. No primeiro caso, os alunos devem apresentar uma solução inovadora em conformidade com o tema da temporada do torneio, enquanto no core values os alunos são submetidos a uma atividade em grupo onde os juízes analisam se os valores do torneio foram contemplados (trabalho em equipe, competição amigável e aprender divertindo-se).

No design do robô, os juízes vão avaliar, nos quesitos desenho mecânico, estratégia e inovação na programação, os robôs criados pelos alunos. Já no desafio do robô as máquinas são projetadas e programadas pelos membros da equipe para executar uma série de tarefas, ou missões, durante partidas de 2’30’’ em uma mesa de competição que reflete o tema do mundo real para aquela temporada. Após a competição, os juízes vão apontar as equipes campeãs, sendo que os alunos serão premiados com medalhas e os times receberão um certificado de reconhecimento na categoria premiada (pesquisa, core values, design robô ou desafio do robô).

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS