Teatro | Alana Regina, OEMS | 11/10/2018 06h37

‘As Aventuras de Bagacinho’ será realizado no fim do mês

Compartilhe:

O espetáculo “As Aventuras de Bagacinho” será realizado neste mês em Dourados. O evento ocorrerá na terça-feira (30) e na quarta- -feira (31), no Sucata Cultural a partir das 19h. Para os interessados em assistir às apresentações, o valor do ingresso varia de R$ 10 a R$ 20. A peça faz parte da temporada “Turma de Bagacinho” do Grupo Casa.

Uma das peças a serem apresentada no local é a “Aventuras de Bagacinho – Quem conta um ponto cria um conto em: O Patinho Feio”. Na sinopse, após encenar obras dos Irmãos Grimm, Charles Perrault, Shakespeare e Cervantes, a Turma do Bagacinho se depara com um novo desafio: já contaram tantas histórias que não sobrou nenhuma nova para contar.

Quando Bolonhesa lembra que o autor Hans Cristian Andersen ainda não foi homenageado, todos embarcam na triste e linda saga do patinho feio que vive grandes aventuras até descobrir quem realmente é. Como quem conta um ponto cria um conto, a trupe reconta a história resgatando personagens do conto original, usando a trajetória do personagem e transformando o herói não em um cisne, mas sim em um palhaço. O “Patinho Feio”, depois de tanto sofrimento, descobre no final de tudo que ser diferente é normal, e que para um lindo nariz vermelho, quanto mais esquisito melhor.

Outro espetáculo é “As aventuras de Bagacinho – Quem conta um ponto cria um conto em: Dom Quixote de La Mancha”. Nesta Aventura, Bolonhesa resolve levar a Espetáculo ‘As Aventuras de Bagacinho’ será realizado no fim do mês, em Dourados Grupo Casa promete divertir o público com peças sobre o Patinho Feio e Dom Quitoxe de La Mancha trupe à Espanha, terra de Pablo Picasso, Salvador Dalí, Federico Garcia Lorca e muitos outros artistas importantes, para contar umas das maiores obras escrita por Miguel de Cervantes: Dom Quixote de La Mancha.

Bagacinho interpreta Alonso Quixano, o velho fidalgo que, de tanto ler livros de cavalaria, acreditou ser um cavaleiro andante, e toma Charanga como seu fiel escudeiro, Sancho Pança. Bolonhesa compõe a jornada entrando em cena como a donzela Aldonza Lorenzo, insistentemente confundida com Dulcinéia Del Toboso, nesta aventura incansável que repousa sobre o amor e a razão.

Recheado de músicas autorais, poesia e bom humor, o espetáculo sai em defesa dos clássicos no ato de apresentar às novas gerações, e reapresentar a quem conhece, essa bela história que começou a ser escrita em 1605 e chega até aos dias de hoje provando que amor, a loucura e os sonhos são os moinhos do futuro. (Com assessoria)

SERVIÇO: Mais informações pelo telefone (67) 3032-6404.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS