Ensaio Geral - ​A Gruta da Garganta: peça para público da primeira infância chega a Dourados
Teatro | Da redação | 14/06/2018 10h52

​A Gruta da Garganta: peça para público da primeira infância chega a Dourados

Compartilhe:

Chega a Dourados, de 21 a 24 de junho, a peça infantil “A Gruta da Garganta”. Obra lírica destinada ao público da primeira infância (0 a 6 anos), a peça, da companhia La Casa Incierta, é um canto poético sobre os laços invisíveis entre os seres humanos. A programação acontece na Unidade 1 da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e no Teatro Casulo.

Além das apresentações, será realizada pelos diretores da companhia, Carlos Laredo e Clarice Cardell, uma palestra sobre processo criativo e arte e a primeira infância. A palestra é destinada ao público que trabalha com arte, educação e primeira infância e terá tradução para Libras. Todas as atividades são gratuitas.

Sinopse
Idealizado pela companhia de teatro hispano-brasileira La Casa Incierta, “A Gruta da Garganta” é uma criação inédita de teatro lírico que leva o espectador a uma aventura pelo interior do corpo humano para abordar, de maneira poética e onírica, o princípio da voz e do som. Essa trajetória, desde os primeiros balbucios até o domínio da comunicação verbal, é apresentada, tal qual uma ópera, com canto e música.

Dirigida por Carlos Laredo, a montagem é direcionada para crianças de zero a seis anos e busca instigar nesse jovem público o interesse pelo teatro lírico. Os pais que levarem seus filhos ao teatro estarão diante de uma reflexão sobre os mistérios da comunicação.

A obra se apresenta como um cordão umbilical que guia os seres humanos nos caminhos escuros da vida. É a gruta da garganta que bebês e adultos compartilham a cada respiração. “O espetáculo evoca a dificuldade do ser humano de viver isolado e nossa necessidade por comunicação. E as pessoas têm, desde que nascem, as ferramentas para criar relacionamentos e para ter o entendimento da comunicação”, comenta Carlos Laredo.

Iluminada por projeções de vídeo que ampliam sua atmosfera lúdica, a cenografia sugere os labirintos do crânio, a caverna da boca e a cova da garganta por onde as atrizes e cantoras Clarice Cardell e Aida Kellen guiarão o público numa viagem pelas ressonâncias da linguagem. O pianista ucraniano Mikhail Studyonov criou as composições eruditas exclusivamente para o espetáculo.

Serão reservados ingressos para crianças com necessidades especiais. O projeto de circulação é realizado com patrocínio do BR Petrobrás Distribuidora e o Ministério da Cultura, e depois de Dourados, circulará pelas cidade de Camaçari (BA) e Niterói (RJ).

La Casa Incierta
Pioneira no campo das artes cênicas para a primeira infância, La Casa Incierta foi criada em 2000 pelo diretor teatral espanhol Carlos Laredo e pela atriz brasiliense Clarice Cardell. Ao longo dos anos, a companhia criou um repertório de inúmeras criações e atividades artísticas, além de conferências e workshops para crianças, adolescentes, pais e professores. Em sua trajetória, La Casa Incierta tem trabalhado e pesquisado uma linguagem poética em busca das capacidades infinitas com que nascem os seres humanos. Seus espetáculos foram apresentados em países como França, Espanha, Itália, Bélgica, Holanda, Martinica, Portugal, Israel, Finlândia e em diversas cidades do Brasil. Mais informações: http://lacasaincierta.com/.

Programação

21 de junho (quinta-feira)
18h30 às 22h30: Oficina “Arte e Primeira Infância” com os diretores da companhia, Carlos Laredo e Clarice Cardell;
Local: Auditório da Unidade 1 da UFGD (Rua Joao Rosa Góes 1761- Vila Progresso)
Inscrições prévias pelo via mail: casa@lacasaincierta.com;
Entrada Franca (Haverá emissão de certificado).

22 de junho (sexta-feira)
19h as 20h30: Palestra sobre processo criativo e a arte e a primeira infância para o público interessado nas artes, na educação infantil e na primeira infância;
Local: Auditório da Unidade 1 da UFGD (Rua Joao Rosa Góes 1761- Vila Progresso);
Entrada Franca (Com tradução para LIBRAS).

23 de junho (sábado)
11h e 16h: Apresentação “A Gruta da Garganta”;
Local: Teatro Casulo (Rua Reinaldo Bianchi, 398, Parque Alvorada);
Retirada de senhas 1h antes, no local (sujeito à lotação do espaço - 100 pessoas por sessão);
Entrada Franca;
Sessões com acessibilidade (áudio-descrição e libras).

24 de junho (domingo)
11h e 16h: Apresentação “A Gruta da Garganta”;
Retirada de senhas 1h antes, no local (sujeito à lotação do espaço - 100 pessoas por sessão);
Entrada Franca;
Sessões com acessibilidade (áudio-descrição e libras).

Serviço:
Contato para atendimento prévio e exclusivo de jornalistas
Clarice Cardell (61) 986226659 / clarice@lacasaincierta.com.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS