Teatro | Jeozadaque | 08/02/2012 09h20

Novas apresentações da peça "O Mágico de OZ" acontecem neste fim de semana

Compartilhe:

No próximo sábado e domingo (11 e 12 de fevereiro), o Grupo Prisma em parceria com a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, realiza novas apresentações da peça infantil "O Mágico de OZ", com sessão às 17h, no Teatro Aracy Balabanian, do Centro Cultural José Octávio Guizzo (CCJOG). O espetáculo tem duração aproximada de 70 minutos. A peça é baseada em um dos clássicos da história do cinema, filme feito em 1939, que atravessa gerações e continua encantando crianças e adultos. "O Mágico de Oz" conta a história de Dorothy Gailey, que vive na fazenda dos seus tios Henry e Emily. Durante uma tempestade, a casa da fazenda onde ela mora foi arrancada do chão por um ciclone e é atirada em um lugar que ela nunca viu. Apreensiva, ela abre a porta da casa e seus olhos se deslumbram com um lugar maravilhoso. Dorothy tem certeza que não está mais no Kansas, principalmente quando, através de uma bolha colorida, surge Glinda, a Bruxa do Norte. Dorothy conta para Glinda que ela quer ir para sua casa no Kansas. Glinda não pode ajudá-la, só o grande e todo-poderoso Mágico de Oz. Glinda diz que ele tem este poder e Dorothy busca a ajuda dele na Cidade de Esmeraldas, onde ele reside. Glinda aponta para ela a estrada de tijolos amarelos e lhe diz para seguir este caminho para chegar à Cidade de Esmeraldas. No caminho conhece um espantalho que quer ter um cérebro e, como visitará um mago, pode ser que ele arrume um cérebro para o espantalho. Assim resolvem viajar juntos. Mais adiante encontram um homem de lata, que anseia por um coração, então os três passam a viajar juntos. Logo depois se deparam com um leão covarde, que quer ter coragem, então o quarteto fica mais do que determinado em achar O Mágico de Oz. A direção geral e sonoplastia são de Noêmyah Rodrigues, direção de produção e iluminação de Mário Filho, preparação de atores com Ewerton Goulart, cenários e figurinos de Alex Guedes, adaptação do texto de Noêmyah Rodrigues e Mário Filho. No elenco estão Agenor Age, Alessandra Rodrigues, Diogo Adriani, Ewerton Goulart, Jefley Mauricio, Marcelo Benitez, Mário Lopes, Natália Schiavinato, Regina Mergulhão e Wagner Jean. A estreia da peça foi em novembro de 2011, em dezembro, participou do 30º Festival Sul-Mato-Grossense de Teatro, conquistando os prêmios de melhor maquiagem, iluminação, sonoplastia e atriz coadjuvante. O espetáculo também participou recentemente do Festival de Teatro Infantil da FESMAT. Ingressos na hora a R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). Há o pacote no valor de R$ 13,00 para 1 adulto + 1 criança. A meia-entrada é valida para estudantes, professores, doadores de sangue e idosos (acima de 60 anos), com a apresentação de sua respectiva carteirinha. Mais informações com a produção da peça pelos telefones 9615- 8686 e 9154- 8618. O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica na rua 26 de Agosto, 453. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795. Da Redação/Com Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS