Personalidade | Estevan Oelke | 16/10/2015 11h22

O fotógrafo e pintor surrealista Wilmar Carrilho

Compartilhe:
(Foto: Reprodução/Internet) (Foto: Reprodução/Internet)

O fotógrafo e pintor surrealista Wilmar Carrilho

Natural de Rochedo (MS), o artista plástico e fotógrafo Wilmar Carrilho tem 54 anos e além da arte tem como passatempo jogar futebol com os amigos. Fiscal tributário estadual desde 1987, Wilmar não vive só da arte e da fotografia, pois através de amigos artistas descobriu a dificuldade do conseguir recursos no ramo.

Sempre residindo em Campo Grande, o artista começou pintura em 1993, fazendo aulas com Leonor Lage, e afirma ter levado cerca de 10 anos para criar sua identidade própria, com estilo surrealista. Wilmar ainda está iniciando seu trabalho com a fotografia, pois esse ano comprou uma máquina semi-profissional que leva em todo lugar que vai.

Apesar do curto período em atividade como fotógrafo, Wilmar já concorre a um prêmio no XXII Salão de Artes Plásticas de Mococa - SP. A fotografia "Marionete, só que não" foi capturada em abril de 2015 e retrata seu neto Gabriel durante uma reunião de escola, brincando em um tablado. A pintura Circo 3 também concorre a um prêmio no salão, e faz parte de um série de obras do autor, chamada de Circo.

Os produtores culturais têm como objetivo espalhar sua arte, o que segundo Wilmar é mais fácil nos dias atuais com a divulgação nas mídias eletrônicas. Através da pintura e da fotografia, o artista busca como objetivo pessoal, levar belas imagens a fim de despertar o senso crítico e as coisas positivas da vida.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS