Personalidade | Estevan Oelke | 22/09/2015 13h17

A estudante e "semi-artista" Mariana Bertolucci

Compartilhe:
(Foto: Bruno Muniz) (Foto: Bruno Muniz)

A estudante e "semi-artista" Mariana Bertolucci

Mariana Barreira Bertolucci tem 17 anos e estuda Artes Visuais na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Apesar  de estar inserida no ramo das artes, a estudante não se considera uma artista pois segundo ela "ainda falta desenvolver muito" o seu trabalho. Apesar considerar seu trabalho em fase de desenvolvimento, a jovem sonha alto e quer transformar Campo Grande, pois segundo ela a "cidade possui carência de cultura, só visita exposição quem conhece o artista, existe uma barreira muito grande entre a arte e o povo", afirmou.

Entrando de pouco em pouco na sua vida, a arte começou a se tornar do interesse de Mariana e foi se desenvolvendo enquanto participava do NAAH/S(Núcleo de Atividades em Altas Habilidades/Superdotação). A estudante considera a artista plástica e professora Giane Biffon como a inspiração para o seu interesse nas artes.

A estudante explica que quando surgiu seu interesse sua família ficou um pouco assustada ao perceber que faria disso sua carreira, mas com o passar do tempo passaram a apoiar sua escolha. Buscando sempre se ocupar com alguma coisa no tempo livre, Mariana diz que a arte move sua vida. 

"Eu participo de um grupo de teatro independente denominado Desorganizada Ordem, ainda somos pequenos e por conta de alguns contratempos não conseguimos focar na produção teatral de fato, mas recebemos  convites para apresentações em sarau", conta a estudante.

Buscando conhecer a arte em todas suas vertentes, Mariana desenvolve também suas atividades no graffiti, aprendendo com seus amigos Alan Vilar e Lucas Arce e trocando saberes. No ramo da arte urbana, a "semi-artista" colabora com o projeto ConservADA, idealizado pelo Professor Caio Lima, da Escola Estadual Adventor Divino de Almeida, com o intuito de preservar o patrimônio público.

Ultimamente a estudante afirma ter criado um interesse pela produção audiovisual e design gráfico, o que a deixa fascinada. Ela quer produzir vídeos e arte digital, que com as novas tecnologias é o meio de maior alcance. Para finalizar Mariana conta suas expectativas. 

"Tenho um grande objetivo, que é construir uma galeria de arte, mas é algo que leva muito tempo, ainda tenho muita coisa para aprender e até lá quero terminar minha faculdade, pensar em um mestrado e uma formação internacional. Viajar, conhecer novas culturas e adquirir muita bagagem e referência pra trazer algo novo e reciclado para a cidade", finalizou. 

Saiba mais sobre o trabalho de Mariana em sua página do Facebook "Mariana bê²".

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS