Ensaio Geral - Praça de alimentação para Banho de São João terá 70 barracas
Pantanal | Jeozadaque | 20/06/2011 09h49

Praça de alimentação para Banho de São João terá 70 barracas

Compartilhe:

A Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal sorteou nesta sexta-feira, 17 de junho, as barracas que formarão a praça de alimentação do Arraial do Banho de São João, que acontece de 22 a 25 de junho no Porto Geral de Corumbá. Neste ano, 70 tendas vão oferecer o melhor da comida e da bebida típica da região. Na Casa de Cultura Luiz de Albuquerque (ILA), também foram sorteados os 78 locais destinados aos vendedores ambulantes. Além de abrilhantar o mais tradicional arraial de Mato Grosso do Sul, a praça é uma oportunidade para que pequenos e médios comerciantes faturem um importante reforço no orçamento familiar. "Faz tempo que eu não participava. Decidi vir neste ano porque a expectativa para a festa é muito boa. Estou confiante que vou vender bem", comentou a pescadora Meg Cordeiro, moradora do bairro Dom Bosco. "Vou trabalhar com peixe. Isca de pintado, pacu frito, moqueca e, claro, o tradicional caldo de piranha, que não pode faltar", adiantou. Para dar conta da demanda, ela vai recrutar o marido, o filho e mais duas amigas para o serviço. "Quanto mais ajuda melhor", disse. Outra comerciante estreante no Arraial do Banho de São João é Maria Aparecida Carvalho Castedo. Além de bebidas, ela promete levar ao Porto Geral uma das receitas que aprendeu no curso de culinária do PAC - Sonho Meu. "Pretendo fazer a torta de mandioca com recheio de carne seca. É uma delícia!", garantiu a moradora do conjunto Previsul. Todas as pessoas que participaram do concurso passaram pelo curso de manipulação de alimentos oferecido pela Vigilância Sanitária. Das 70 barracas que formarão a praça de alimentação, 46 foram reservadas para os comerciantes que participaram continuamente do calendário de eventos do município. As outras 24 foram distribuídas através de sorteio. O ponto alto do arraial é a noite de quinta-feira (23), quando o andor oficial da Prefeitura desce a ladeira Cunha Cruz até o rio Paraguai, onde é banhado pelos fiéis. O levantamento do Mastro, feito ao ritmo do ciriri e do cururu, da continuidade a noite, que ainda reserva a apresentação de danças típicas e muita música. Da Redação

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS