Ensaio Geral - Concerto gratuito marcará retorno das apresentações da orquestra sinfônica de Campo Grande
Orquestra | Da redação | 18/08/2017 11h37

Concerto gratuito marcará retorno das apresentações da orquestra sinfônica de Campo Grande

Compartilhe:

Uma boa música faz bem para a alma. Diante desta constatação fica impossível deixar de prestigiar o retorno das apresentações da Orquestra Sinfônica de Campo Grande, que após um período de reestruturação volta aos palcos, com um concerto no dia 22 de agosto, às 19h30, no Teatro Glauce Rocha. A entrada para a apresentação é gratuita e os ingressos precisam ser retirados antes do evento, no próprio teatro.

Neste espetáculo, que também celebrará os 118 anos de Campo Grande, os músicos pretendem impactar o público com trilhas de filmes como Piratas do Caribe, Crepúsculo e Rei Leão, na primeira parte da apresentação. Na sequência, composições do violinista italiano Antônio Vivaldi, do maestro Vittorio Monti, do músico alemão Johannes Brahms e do talentoso Wolfgang Amadeus Mozart, nascido na Áustria, vão dar o tom maior no evento.

O concerto é organizado pela Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), em parceria com o Movimento Concerto da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

“Um dos nossos grandes desejos está sendo realizado. Ter a nossa orquestra brilhando nas apresentações e concertos é um dos marcos desta gestão, pois nosso intuito é fomentar a cultura na Capital e mostrar aos moradores as potencialidades que temos dentro do cenário musical”, analisa a titular da Sectur, Nilde Brum.

Instituída por Lei Municipal (4.403/06), o grupo tem realizado intensa atividade em Mato Grosso do Sul e já percorreu os principais municípios de Mato Grosso do Sul. Apresentou-se com grandes solistas brasileiros e estrangeiros dos Estados Unidos, Portugal, Itália, Coreia do Sul, Argentina, Suíça, Canadá, Paraguai, Bolívia, Uruguai e outros países.

A atuação da orquestra também tem sido de integração e valorização da música regional de Mato Grosso do Sul por meio de concertos que contam com a viola caipira ou viola brasileira e a viola de cocho. Além dos espetáculos, a orquestra mantém um permanente programa de incentivo e aperfeiçoamento técnico para jovens músicos, absorvendo promissores talentos da cidade por entender que deve fomentar o cenário musical erudito.

Atualmente a Orquestra Sinfônica Municipal é conduzida pelo maestro Eduardo Martinelli. Formado em Violão Erudito pela Faculdade de Música de Santos no ano de 1998, o maestro também desenvolveu seu talento com o violoncelo e violino, além de ter estudado regência de orquestra. Martinelli já conduziu a Orquestra Sinfônica do Projeto Guri de Santos, em São Paulo e foi fundador da Orquestra de Câmara de Itanhaém e da Orquestra Barroca de Mato Grosso do Sul.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS