Ensaio Geral - Mostra de cinema, “pedal” e palestras estão na programação do MIS da Semana de Museus
Museu | Da redação | 10/05/2017 10h33

Mostra de cinema, “pedal” e palestras estão na programação do MIS da Semana de Museus

Compartilhe:

O Museu da Imagem e do Som – unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul – participa da 15ª Semana Nacional de Museus com uma programação especial que reúne mostra de cinema, passeio ciclístico e palestras sobre o papel das instituições museológicas na construção da identidade cultural. As atividades acontecem de 15 a 21 de maio e são gratuitas.

Cinema – Nos dias 16, 17 e 19 de maio (terça, quarta e sexta) o Museu da Imagem e do Som recebe a Mostra de Cinema LGBT, cuja curadoria é do presidente do Fórum Estadual de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros, Diego Gonçalves. As exibições são gratuitas e acontecem sempre às 19 horas.

No dia 16 (terça) a atração é o aclamado Moonlight: Sob a Luz do Luar (2016), dirigido por Barry Jenkins. A apresentação, que contará com a presença do subsecretário de Politicas Estaduais LGBT, Frank Rossato, terá ao final da exibição um debate com o Prof. Dr. Guilherme Passamani – Coordenador do Núcleo de Estudos Néstor Perlongher – cidade, geração e sexualidade da UFMS (NENP).

Já na quarta (17 de maio) é a vez do longa Flores Raras (2013), dirigido por Bruno Barreto. Após o filme acontece um debate com Ana Claudia Ledesma, cientista social formada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e feminista com histórico nas lutas das mulheres lésbicas no Estado.

Encerrando a mostra no dia 19 de maio (sexta) está prevista a apresentação de Elvis e Madona (2011), dirigido por Marcelo Laffitte. Após o filme acontece um debate com Dr. Tiago Duque – Coordenador do Impróprias, grupo de Pesquisa em Gênero, Sexualidade e Diferenças e Ariel Dorneles, acadêmico de Ciências Sociais da UFMS e Jornalismo da Uniderp.

“As relações sociais das pessoas LGBT ainda são tabu em muitos ambientes. Poder abordar este tema no Museu é muito importante para nós. Neste sentido escolhemos três filmes que entre fatos reais e fictícios representam a vivência e o trabalho artístico de tanto no cinema estrangeiro como nacional”, explica o curador Diego Gonçalves.

Palestra – Abordando o tema “Museus e histórias controversas – Dizer o Indizível nos Museus”, a servidora do Instituto Brasileiro de Museus, Ana Lúcia Taveira, realiza no Museu da Imagem e do Som, das 19h às 22 horas, uma palestra abrangente sobre o papel das instituições na formação da nossa identidade cultural. A entrada é franca.

Mesa redonda – No dia 20 de maio (sábado), às 9 horas, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Estado realiza no Museu da Imagem e do Som o debate “Museu Invisível – relatos de membros dos Museus de Mato Grosso do Sul”. A atividade também é aberta ao público.

Passeio Ciclístico – No dia 21 de maio (domingo) acontece a terceira edição do Pedal Cultural, passeio que revisita as paisagens que marcam o patrimônio material e a história da formação de Campo Grande.

O “pedal” visita pontos importantes, como a esplanada da Ferroviária e a Morada dos Baís, aliando passeio com conhecimento. A saída acontece às 17 horas na frente do Memorial da Cultura e da Cidadania. O retorno está previsto para às 20 horas.

Semana Nacional de Museus – De 15 a 21 de maio acontece a 15ª Semana Nacional de Museus, temporada cultural promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus em comemoração ao Dia Internacional de Museus (18 de maio).

Mais de mil museus de todo o país oferecem ao público nesta edição cerca de 3 mil atividades especiais, como visitas mediadas, palestras, oficinas, exibição de filmes, entre tantas outras atrações.

Em Mato Grosso do Sul participam entidades museulógicas de todas as regiões do Estado. A abertura está marcada para o dia 16 de maio (terça), às 8 horas, no Museu José Antônio Pereira, na Avenida Guaicurus. Estão previstas apresentações musicais, contação de histórias e visitação.

Serviço: O Museu da Imagem e do Som fica no terceiro andar do Memorial da Cultura e da Cidadania, na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, Centro. As atividades são gratuitas.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS