MS Canta Brasil | Da redação/com Campo Grande Net | 25/03/2014 14h13

Banda Pato Fu é a próxima atração do MS Canta Brasil

Compartilhe:

Campo Grande (MS) - A Fundação de Cultura do governo do Estado apresenta no dia 6 de abril (domingo), a partir das 17h30, no Parque das Nações Indígenas, no palco do MS Canta Brasil, a música descontraída e alternativa da banda mineira Pato Fu e o rock “de tradição” do grupo douradense Trajeto 2.

Reconhecida pela constante inovação, pelas letras marcantes e críticas e principalmente pelo bom humor, a banda Pato Fu apresentará em Campo Grande um repertório que navega por 22 anos de estrada e que abusa da criatividade.

O espetáculo “Híbrido” reúne sucessos de público presentes nos nove álbuns de estúdio da banda: "Rotomusic de Liquidificapum" (1993), "Gol de Quem?" (1995), "Tem mas Acabou" (1996), "Televisão de Cachorro" (1998), “Isopor” (1999), “Ruído Rosa” (2001), “Toda Cura para Todo Mal” (2005), “Daqui Pro Futuro” (2007) e “Música de Brinquedo” (2010).

Já o Trajeto 2 tem raízes em uma das mais competentes bandas de rock do Estado, a Archiband, que conseguiu a 3º colocação na etapa Centro-Oeste do Skol Rock 98 entre mais de mil concorrentes. Após um afastamento temporário, o vocalista Eliezer Rosa retomou a parceria com o baterista Alex Ávalos na banda República do Som, que a partir daí passou a se chamar O2.

O nome Trajeto 2 surgiu pouco antes do lançamento do primeiro álbum do grupo, gravado em setembro de 2006, devido ao fato de já existir o nome O2 no circuito de bandas do Brasil. A banda conta atualmente com Eliezer Rosa, voz e violão; Alex Ávalos, bateria; Eduardo Santana, baixo; Guga Menezes, guitarra e Rudy Pivetta nos teclados.

Premiada nacionalmente, o que garantiu a gravação do segundo álbum com Rick Bonadio, um dos mais reconhecidos produtores do país, a banda Trajeto 2 aposta na soma do pop rock a elementos eletrônicos que estarão presentes nas canções de seu show no Parque das Nações Indígenas.

MS Canta Brasil

O projeto MS Canta Brasil é uma realização da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e prevê apresentações de shows com artistas de renome nacional e de destaque em Mato Grosso do Sul na Arena do Parque das Nações Indígenas. O objetivo é homenagear os estados brasileiros por meio da música, promovendo a integração artística.

Desde que o MS Canta Brasil foi inaugurado, em outubro de 2007, já se apresentaram no evento 46 nomes da música sul-mato-grossense: Chalana de Prata, Tropeiros da Querência, Bojo Malê, Jerry Espíndola, Jucy Ibañez, Olho de Gato, Carlos Colman, Geraldo Espíndola, Filho dos Livres, Marcelo Loureiro, Guilherme Rondon, Bêbados Habilidosos, Bando do Velho Jack, Agemaduomi, Velho do Rio, Lia Mayo, Grass, Balaio Jazz, Simona, Léo Verão e Daniel Freitas, Zézinho do Forró, Delay, Curimba, Sampri, Aldeia Black, Muchileiros, Mandioca Loca, Gideão Dias, Jeniffer Magnética, Marina Dalla, Dimitri Pellz, Guga Borba, Hermanos Irmãos, Gustavo Vargas, Vinil Moraes, Black Tie, Dombraz, Gilson Espíndola, Rivers, Karina Marques, Sarravulho Alzira Espíndola, Almir Sater, Haiwanna, Chá Noise e Surfistas de Trem

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS