Ensaio Geral - 19º Encontro do Proler acontece de 9 a 11 de agosto na Capital
Literatura | Da redação | 04/08/2018 15h18

19º Encontro do Proler acontece de 9 a 11 de agosto na Capital

Compartilhe:

A comissão organizadora do 19º Encontro do Proler reuniu-se na Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), para definir as diretrizes do evento para este ano. Em 2018 o encontro acontece de 9 a 11 de agosto, na Capital e terá como tema “40 anos de Literatura em Mato Grosso do Sul”. A iniciativa no intuito de difundir ações na promoção do livro e da leitura e proposições de políticas públicas para a área realiza um encontro com especialistas, escritores e um sarau literário.

A reunião contou com a presença do Secretário de Estado de Cultura e Cidadania Athayde Nery que defendeu a organização do setor para a composição do Setorial de Literatura. “Com a aprovação do Plano Estadual de Cultura, a cultura se consolida como mais um direito social aos cidadãos e temos como cobrar um orçamento específico para cada setorial previsto na lei”, explicou.

Participam do comitê do 19º Encontro do Proler: Sueli de Oliveira Gonçalves (SECTUR), Sônia Aparecida Lins de Queiroz (SECTUR), Eleuzina C. de Lime (Biblioteca Pública Dr. Isaías Paim), Sylvia Cesco (UBR-MS), Daniel Santos Amorin (SED-MS), Daniel Abrão (UEMS), Volmir Cardoso Pereira (UEMS), Gisele Guedes Colombo (FCMS), Igor Lins Vieira (IFMS), Ana Paula Soares (IESF), Caciano Lima (FCMS), Francisco Leandro Oliveira Queiroz (SEMED) e Eunice de L.Franco, sob a coordenação de Melly Senna (FCMS).

Sobre o Proler

O Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler) tem como finalidade contribuir para a ampliação do direito à leitura, promovendo condições de acesso a práticas de leitura e escrita político críticas criativas. Isto implica articular a leitura com outras expressões culturais, propiciar o acesso a materiais escritos, abrir novos espaços de leitura, e integrar as práticas de leitura aos processos educacionais, dentro e fora da escola.

Tornar a prática de leitura dentro do cotidiano escolar e cultural da sociedade é tarefa fundamental para um projeto político cuja meta é formar cidadãos leitores. A escola e a biblioteca são, nesse processo, instituições imprescindíveis e complementares, mas o aprendizado da leitura transcende a alfabetização. Para constituir uma sociedade leitora, na qual a participação dos cidadãos no processo democrático seja efetiva, é preciso conjugar a leitura da palavra à leitura do mundo.

O Proler é concebido como um Programa de abrangência nacional e não tem caráter centralizador estando aberto a novos projetos de leitura e buscando estimular ações autônomas em favor da leitura. Em razão disso, o Proler é constituído por comitês conveniados e que trabalham sobre suas respectivas realidades regionais para atender às demandas próprias das comunidades onde atuam.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS