Ensaio Geral - Governador declara luto de três dias por morte de Manoel de Barros
Homenagem | da redação/com Assessoria | 13/11/2014 14h38

Governador declara luto de três dias por morte de Manoel de Barros

Compartilhe:

Campo Grande (MS) – O governador André Puccinelli, que cumpre nesta quinta-feira (13) agenda em Brasília, determinou que fosse decretado luto oficial de três dias no estado de Mato grosso do Sul, após ter tido conhecimento da morte do poeta Manoel de Barros.

O decreto será publicado na edição de amanhã, 14 de novembro, do Diário Oficial do Estado. O poeta Manoel de Barros que nasceu em Cuiabá (MT) no Beco da Marinha, beira do Rio Cuiabá, em 19 de dezembro de 1916 e que viveu por longos anos em Campo Grande faleceu hoje aos 97 anos.

Levando o nome de Mato Grosso do Sul pelo país, Manoel de Barros divulgou as belezas e potencialidades do Estado enriquecendo assim, a história da literatura e a cultura do local que ele escolheu para viver ao lado de sua esposa.

Manoel morou durante a infância no pantanal sul-mato-grossense e relata, na maioria de suas obras, as diversas experiências e aventuras que viveu. São inúmeras poesias que mexem com a imaginação do leitor, levando-o para um mundo diferente.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS