Geral | Portal da Educativa MS | 12/11/2018 09h20

Espaço Cultural da Fertel: arte e cultura para centenas de visitantes em 2018

Compartilhe:

Cerca de três mil pessoas já visitaram neste ano o Palácio das Comunicações, sede da Fertel (Fundação Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul). Estudantes, grupos de turistas ou a população em geral têm no local a oportunidade de conhecerem um pouco da história das redes públicas de rádio e televisão do Estado e, ainda, visitarem exposições de arte no Espaço Cultural Jornalista Aldo Olarte de Souza.

Na quinta-feira (8), por exemplo, alunos do 2º ano do Ensino Fundamental da Escola Oswaldo Tognini conheceram a exposição “Mato Grosso do Sangue”, do artista Pedro Guilherme Garcia Góes. A visita ocorreu por iniciativa da instituição de ensino, sendo guiada pelas professoras Sueli Parone e Zuleide, e contaram ainda com a presença do autor das peças da mostra.

“Os alunos fizeram neste ano letivo trabalhos que tiveram a temática dos povos indígenas, inclusive com representantes dos povos e artistas. Entre eles estava o Pedro Guilherme. Quando soubemos da exposição dele, logo agendamos a visita com a Fertel”, explicou Sueli, que é professora de Artes e afirma incentivar os alunos a realizarem visitações –contando com a receptividade da fundação sempre que são realizadas novas mostras no Espaço Cultural.

“As exposições não são apenas uma oportunidade de contemplação da produção cultural local, mas também de aprendizado e interação entre o público-alvo e os artistas para verdadeiras aulas”, afirmou o jornalista Bosco Martins, diretor-presidente da Fertel, ao reforçar o convite para a população prestigiar as mostras no Espaço Cultural da fundação, aberta em horário comercial.

A Fertel também permite que escolas ou organizações da sociedade civil da Capital e do Interior agendem visitas não apenas às mostras, mas permitindo oportunidade para que estudantes conheçam a TVE Cultura e a Educativa 104.7 FM. Desta forma, dezenas de estudantes participam a cada vez de passeios pelo Palácio das Comunicações.

Na visita dos alunos do Oswaldo Tognini, Pedro Guilherme falou um pouco sobre sua inspiração ao idealizar a mostra Mato Grosso do Sangue e também da importância da preservação do meio ambiente. As crianças trouxeram também resultado de trabalho em classe, destacando o tema, e ainda homenagearam o artista cantando a música “Kikiô”, de Geraldo Espíndola e já interpretada por artistas como Almir Sater.

“O sentimento (com a homenagem) é de vitória. Meu trabalho tem esse sentido, levar uma reflexão à sociedade sobre a importância do meio ambiente. Cada aluno fez um peixe e nele escreveu sobre a importância de cuidar da natureza. A arte tem como grande objetivo incentivar uma transformação na sociedade, então, quando vemos essa mensagem absorvida pelas crianças sentimos que essa missão está sendo cumprida”, afirmou Pedro Guilherme.

Os alunos ainda puderam conhecer a escritora e crítica de arte Sara Figueiró –um dos principais nomes das artes no Estado–, convidada pelo artista para conhecer seu mais recente trabalho.

Os espaços culturais da Fertel são abertos para visitação pública de segunda a sexta-feira, em horário comercial. Grupos maiores, bem como turmas de escolas e outras instituições podem agendar visitações pelo telefone (67) 3318-3872 ou pelo canal Fale Conosco do Portal da Educativa.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS