Ensaio Geral - Acadêmicos de Biologia expõem fotos no INTEGRA UFMS
Fotografia | Da redação | 06/11/2017 10h53

Acadêmicos de Biologia expõem fotos no INTEGRA UFMS

Compartilhe:

De 6 a 10 de novembro, o Corredor Central da UFMS receberá a exposição “Biodiversidade de Campo Grande”. Serão cerca de 50 fotos sobre a fauna e flora da cidade, tiradas por acadêmicos dos cursos de Biologia na disciplina especial de “Introdução à fotografia de natureza”.

A exposição será aberta ao público das 8h às 18h e, todos os dias, a partir das 16h, os autores das fotos estarão explicando aos visitantes as imagens captadas e técnicas utilizadas. As fotografias são de autoria de acadêmicos do 8° semestre de Biologia-Bacharelado e do último semestre de Biologia-Licenciatura.

A exposição fará parte do INTEGRA UFMS, que promoverá a integração da Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (FETEC-MS) e dos encontros dos programas Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), de Educação Tutorial (PET) e de Extensão Universitária (ENEX), e ainda Encontro de Empresas Juniores da UFMS.

De acordo com o professor Paulo Robson, ministrante da disciplina “Introdução à fotografia de natureza”, a maioria das fotos foi tirada na Cidade Universitária em Campo Grande, em quatro aulas de campo. “Após a captura das imagens, no encontro sequencial, discutimos os trabalhos e as técnicas utilizadas, visando à melhoria a cada saída a campo. Os resultados foram gratificantes”, resume.

Para selecionar as imagens da exposição os alunos fizeram uma votação online em um processo democrático. “A seleção foi muito pertinente porque permitiu aos acadêmicos justamente o exercício da análise e da crítica à fotografia, às técnicas e resultados, processos que fazem parte da disciplina”, comenta o professor.

Ainda de acordo com Paulo Robson a “Introdução à fotografia de natureza” é eminentemente prática e foi ofertada pela primeira vez neste segundo semestre de 2017. “A maioria dos alunos trouxe suas câmeras, outros adaptaram o celular para a captura. Acoplamos uma lente de microscópio na lente do aparelho e o resultado ficou bem bacana”, afirma.

Para a acadêmica Vitoria Silva Fabiano a disciplina está sendo muito interessante, pois permite que os alunos aprendam como utilizar a fotografia como forma de comunicação. “Cada foto quer expressar algo, traz uma mensagem. Com elas visamos aproximar a ciência da população, mostrar o que o um Biólogo faz a todos os demais profissionais, para que entendam também a valorização do que é natural”, diz.

O aluno Gabriel Tirintan de Lima explica que é comum entre Biólogos o interesse pela fotografia. “Na Biologia não se trata apenas de arte, mas de um instrumento de trabalho propriamente dito. A foto nos auxilia em vários aspectos como, por exemplo, para o registro da flora e fauna, para o monitoramento, entre outros”, ressalta.

O professor Paulo Robson conta ainda que em uma das saídas a campo encontrou uma espécie de formiga que há cerca de 5 anos procurava em Campo Grande. “Eu estava explicando aos alunos como manusear os materiais com segurança e ao levantar um tronco de madeira encontramos a Dinoponera australis. Foi algo totalmente casual e o fato só reforça que não só os alunos se surpreendem e aprendem algo novo nas aulas, mas nós professores também. A disciplina também me ajudou a crescer como profissional, foi a primeira vez que estabeleci uma sala virtual para interação com os alunos e a experiência tem se mostrado muito produtiva”, finaliza.

A disciplina “Introdução à fotografia de natureza” deve ser ofertada novamente no primeiro semestre de 2018 para os cursos de Biologia, as vagas são limitadas.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS