Exposição | Da redação | 12/12/2018 09h36

O Pantanal Contemporâneo de Gabi Dias

Compartilhe:

A exuberância do Pantanal, com seus recantos deslumbrantes, luz cinematográfica e muito verde, envolto a estética das redes sociais, dos memes da internet e dos templates pré-definidos. A artista visual campo-grandense misturou todos estes elementos na vídeo-instalação Pantanal Contemporâneo, que será inaugurada nesta quarta (12) no Espaço Cultural e Gastronômico Brava, na Avenida Calógeras, 3.100, no centro de Campo Grande. A entrada é gratuita e o evento começa às 20h. Haverá apresentação do grupo de rap Locoleste e do DJ Lucas Moura.

Gabi Dias traz fotografias divididas em três séries. A primeira investe em imagens do Pantanal apresentadas em formas geométricas, fugindo do estilo “paisagem” já muito explorado. Na segunda série a artista visual se apropria de elementos da cultura digital e novas mídias, como os populares stikers do Instagram, para brincar com a mensagem que a imagem fotográfica já transmitia. Já a última série evoca sentimentos que o Pantanal pode provocar ao ser visitado, como o divertido banho de rio, a contemplação da natureza, a presença dos jacarés tão comuns na região, etc.

Além das foto-montagens, Gabi Dias apresenta também um vídeo-instalação com o material produzido em viagens as regiões de Miranda e Corumbá, além de Rio Verde e Bonito, que ficam na beira do Pantanal. A artista visual mistura imagens de paisagens e bichos com situações em que ela própria aparece interagindo em uma espécie de “universo particular pantaneiro”.

Não é de hoje que o pantanal sul-mato-grossense inspira e aguça o lado artístico-emocional da artista visual e publicitária Gabriela Dias. Ela vem capturando e fotografando a região há cinco anos. A maioria do conteúdo foi desenvolvido de maneira natural, passeando com o olhar atento e a câmera de prontidão. “Pantanal Contemporâneo” conta com aproximadamente 30 fotos e a exibição do vídeo-arte.

Biografia

Gabriela Dias é videomaker. Em 2010 foi premiada no Salão de Arte de Mato Grosso do Sul com “Caixinha de Música”, filme em animação stopmotion exibido em vídeo-instalação. Em 2011, Gabi Dias ganhou o prêmio “Melhor Clipe do Ano Rock do Mato MTV”, cuja animação em stopmotion foi veiculada nas MTV’s da Austrália e França. No ano seguinte foi selecionada novamente no Salão de Artes de MS e apresentou sua videoinstalação “Entrelinhas” no Museu de Arte Contemporânea de MS.

No mesmo ano foi convidada pelo Festival de Inverno de Bonito (FIB/2012) para fazer a Mostra Cine Arte com Gabi Dias com 20 de seus filmes. Finalista no Concurso Movimento Hot Spot na categoria cenografia, representou Mato Grosso do Sul em uma exposição coletiva que rodou 10 capitais do país.

Em 2017, produziu o evento internacional de conscientização no mundo da moda, o Fashion Revolution no Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul (MARCO), apresentando uma instalação de moda e design sustentável e recebendo por isso Moção Honrosa da Câmara dos Vereadores de Campo Grande. Produziu instalações artísticas e ambientação sustentável para a décima sétima edição do Festival de Inverno de Bonito (FIB).

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS