Exposição | Da Assessoria | 17/08/2019 11h06

Exposição Kummba acontece na Galeria Espaço Jorapimo

Compartilhe:

O Núcleo de Artes Visuais da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul convida para Abertura da mostra KUMMBA no Espaço JORAPIMO, dia 29 de agosto de 2019 às 19h30, dos artistas Auriellen Leonel, Danillo Carvalho, Erika Pedraza, Gabriela Dias, Giu Beto, Leonardo Mareco, Loren, Rafael Dantas, Roberto Passos, Ubiratan Junior e Yasmin Alexandra, do coletivo Enegrecer. A Galeria fica no saguão do Memorial da Cultura e Cidadania. A mostra é aberta à visitação até dia 31 de outubro de 2019.

KUMMBA, palavra de origem africana, denomina um dos princípios da Kwanzaa, que se trata de uma celebração Pan-africana criada por Maulana Karenga, também fundador da organização PanAfricanismo. “Kwanzaa” significa: "primeiros frutos da colheita" tendo como subsídio os festivais de colheitas realizados no final do ano pelos Povos Africanos do Kemet (Egito antigo), assim como os povos Ashanti, Yorubá, entre outros. Kummba significa criatividade. Dessa maneira, o coletivo Enegrecer reúne um grupo de artistas que busca enaltecer a cultura Afro, provocando questionamentos e reflexões de assuntos que vão desde o cotidiano no contexto atual, aos espaços que nossos corpos ocupam, de forma criativa, inovadora, crítica e afirmativa. Sendo as obras: pinturas, gravuras, instalações, assemblagens e lambe-lambes, trazemos ao público uma exposição rica em cores, traços, ideias e experiências pessoais, fundamentalmente afirmando a necessidade da união, no fortalecimento que o artista deve ter com o outro da mesma etnia. O Coletivo Enegrecer, nasce a fim de mostrar que na nossa capital existem artistas negros e eles estão se aquilombando, produzindo, ocupando os espaços e resistindo!

Participação especial: Cia de artes Rob Drown traz a cena o corpo, a voz, o movimento, a força da cultura brasileira. Danças, toques, cantos e tradições. Verdades de grupos tradicionais, vivenciadas e transformadas por Tayós na busca de levar ao público uma experiência única explorando sua própria identidade através das danças brasileiras.

O projeto Exposições temporárias do Núcleo de Artes Visuais da FCMS acontece sempre no Espaço JORAPIMO, com o objetivo de ampliar o diálogo com a produção atual das artes visuais e estimular a reflexão sobre a produção cultural brasileira, de maneira a contribuir na promoção, difusão e expansão da diversidade da linguagem artística e cultural. Possibilita também a compreensão das múltiplas linguagens e expressões, não se limitando somente às de caráter local. O Espaço Jorapimo é destinado aos artistas que ao longo do tempo legitimaram suas práticas categorias de pintura, desenho, grafitti, gravura, escultura, objeto, colagem, instalação, arte digital, vídeo-arte, web-arte, body-art e performance.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS