Ensaio Geral - Carlos Fernandes
Entrevista | Da redação | 10/02/2017 10h51

Carlos Fernandes

Compartilhe:

Natural de Maracaju, encontrou na área literária o algo a mais que precisava para tornar sua vida feliz, bonita e iluminada.

Para que o leitor possa saber mais sobre o nascimento de Carlos Bento Pedro Fernandes como escritor, preparamos esta entrevista, por meio da qual ele fala de seu dom literário; da sua primeira obra publicada “Sonetos de Amor e Pensamentos”; seus projetos; da divulgação de seu trabalho nas mídias sociais [blog www.escritorcarlosfernandes.com.br e fanpage facebook.com/poetacarlosfernandes] e de seu próximo livro "Pensamentos Excelsos", que pretende lançar ainda este ano.

Natural de Maracajú-MS, Carlos Fernandes é Técnico em Contabilidade, Economista, Bacharel em Direito, e reside há muitos anos em Campo Grande. Ele encontrou na área literária o algo a mais que precisava para tornar sua vida feliz, bonita e iluminada. Acompanhe:

Ensaio Geral: Desde quando você sentiu a necessidade de se expressar como escritor?
Carlos Fernandes: Desde a tenra idade eu já percebia que a vida para ser realmente vivida, necessitaria de algo mais que a tornasse feliz, mais bonita, e iluminada. A beleza da vida consiste na essência da pureza do amor; que através dele superamos as dificuldades naturais, os desencontros, as decepções reais que existem e persistem em nos machucar ao longo da vida.
Sofrendo dessa mesma angústia como a maioria das pessoas sofre; cada uma delas ao seu modo, não permitiu elas me silenciar diante das auguras estampadas em cada rosto, olhar, e semblante.
Seus sofrimentos, incertezas, tristezas e melancolias me sensibilizam. Creio que a partir desse cotidiano de realidade insofismável, despertou em mim a necessidade de traduzir a esperança em forma de poesias e pensamentos, descrevendo também minhas crônicas como alento e estímulo para vivermos cada dia melhor. Assim nasceu o escritor.

Atribui esse dom a que ou a quem?
É indiscutível que esse dom que me move e me impulsiona seja um predomínio da minha alma criada por Deus. Dela emana toda a minha sensibilidade e assimilação das carências humanas.
É um dom que tem mais de divino do que de humano, eu diria, porque transcende ao corpo físico, que busca extrair da minha alma toda a fonte inspiradora e inesgotável de amor e gratidão. A felicidade e o perdão são essenciais para o fortalecimento dos elos de interação espiritual e material, pela busca constante do amor e da paz para o bem da humanidade.

Já possui alguma publicação literária?
Sim. Há algum tempo publiquei o livro “Sonetos de Amor e Pensamentos” para exatamente medir até que ponto as minhas convicções e afirmações literárias poderiam influenciar no dia a dia das pessoas; fundamentalmente em relação as suas aspirações e dificuldades frente aos desafios da vida. Confesso que o resultado foi muito positivo e gratificante, propiciando-me a motivação natural para os desafios de novas obras.

Quais os seus projetos como escritor?
Indubitavelmente, há de minha parte uma motivação crescente em lançar novas e importantes obras. Creio que em breve novos títulos virão, e com eles, a certeza da nossa afirmação na literatura sul-mato-grossense. Não obstante a essa motivação, não pairam sobre nossos projetos nenhuma obsessão financeira capaz de desvirtuar nossos princípios e compromissos com a solidariedade, fraternidade e a liberdade que tanto contribuem para o fortalecimento e dignidade da pessoa humana.

Por que escolheu o nome "Pensamentos Excelsos" para a próxima obra literária que pretende publicar?
Esse título “Excelso” é algo que é elevado, grandioso, magnificente, e que pode ser ao mesmo tempo considerado sublime. Trata-se de um título inerente à espiritualidade. Decorre da grandiosidade do espírito, e da forma com que somos diariamente submetidos à elevação da alma, que naturalmente ocorre através das nossas ligações espirituais.
Tudo advém da alma, cuja energia espiritual dita as nossas ações e o nosso comportamento, impulsionando-nos para a capacidade do livre arbítrio material, que nem sempre exercemos ou praticamos com a devida atenção aos ditames das leis do universo e da vontade maior do Criador.

Há quanto tempo vem se dedicando à produção deste livro?
Escrever é um exercício quase que diário e permanente. Requer-nos certo tempo de maturação dos objetivos e das ideias. O encaixe quando ocorre desencadeia um processo de criação considerável.
Quando tudo flui da força e da beleza do pensamento estético e filosófico, o espírito se alegra em elevada dimensão, e a anuência da alma nos propicia resultados encantadores. Esse livro é bem recente e está dentro do seu período de composição e maturação natural.

Qual o seu maior objetivo com o lançamento deste livro?
Evidentemente que o objetivo maior dessa obra é de atingir um número expressivo de pessoas inseridas no público consumidor de cultura literária, em especial em nosso Estado e quiçá no país. Há um clamor por obras afins que possam contribuir com o cotidiano das pessoas; amenizando-as ou, de certa forma, transformando-as pela ação e a sensibilidade dos pensamentos, crônicas, e poesias. Espero, quem sabe, que o alcance e abrangência dos problemas recorrentes das relações humanas possam encontrar guarida nos conceitos filosóficos deste livro.

O que representa para você compartilhar com outras pessoas, por meio de seu blog e página do Facebook, seus trabalhos literários?
Veja bem. Vivemos uma época em que os meios de comunicação exercem fundamental importância na vida das pessoas. É um período de evolução muito rápido e constante, meteórico até posso lhe afirmar. As coisas acontecem em uma velocidade incrível e surpreendente.
No mundo atual temos que estar em sintonia com as tecnologias que se apresentam em todos os momentos de nossas vidas. Compartilhar nossos trabalhos literários através do Facebook e do nosso blog com outras pessoas é uma forma salutar de interatividade e crescimento interpessoal que nos orgulha, e nos dá satisfação e prazer em fazê-lo.

O livro "Pensamentos Excelsos" tem influência de outros escritores?
Não tem como deixar de ter. Nós somos movidos por uma força multiplicadora de sonhos e ideais exuberantes. Espelhamo-nos sempre naqueles ou naquilo que pretendemos ser, e se possível de valores idênticos ou imprescindíveis conceitos para a construção da nossa trajetória.
“Pensamentos Excelsos” não foge à regra. Ao longo da sua confecção diária não nos faltaram influências determinantes ao nosso trabalho. Castro Alves, Vinicius de Moraes, Carlos Drumond de Andrade, Pablo Neruda, Fernando Pessoa, entre tantos outros grandes mestres da literatura, ensinaram-nos que a pior solidão é a da pessoa que não ama, e que eu deveria estar atento ao acalento do amor e do coração.
Mas que não seria eu que vivesse a vida por mim mesmo, e sim o amor da mulher amada que vivesse em mim, alimentando o amor e a esperança para que a minha vida por ela vivesse. São fragmentos assimilados e transformados com a força e a sensibilidade de um amor sem precedentes.

Como define o seu estilo literário e você como escritor?
Sou um jovem escritor que se atreve aderir ao universo das letras. A idade não nos possibilita cronometrar jamais nossos planos nem nossas vidas, nem tão pouco determinar os dias que ainda haveremos de viver.
A idade está inserida na alma que dá vida ao corpo, e ela assim o fazendo, manifesta em mim toda a vitalidade necessária para prosseguir na longa caminhada rumo à eternidade de meu Pai.
Sendo assim, creio que, por determinação e definição superior ser um escritor romântico espiritualista, cuja existência desafia o tempo e o fim de qualquer jornada por mais árdua e difícil que possa existir. Assim Deus me ensinou!

Serviço:
Blog: www.escritorcarlosfernandes.com.br
Fanpage facebook.com/poetacarlosfernandes
E-mail: carlosfernandes@escritorcarlosfernandes.com.br

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS