Ensaio Geral - Escola da Reme participa de Encontro de Coros
Coral | Da redação | 30/10/2017 11h28

Escola da Reme participa de Encontro de Coros

Compartilhe:

Alunos da Escola Municipal “Professora Ione Catarina Gianotti Igydio”, do bairro Noroeste, participaram nesta sexta-feira (27), no auditório do Centro de Formação Lúdio Martins Coelho, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), do 4º Encontro de Coros Infanto-juvenis, que destacou o trabalho realizado pela Semed em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

O Encontro tem como principal objetivo realizar apresentações artístico-musicais que promovam o intercâmbio cultural entre crianças e adolescentes coralistas, além de fomentar o movimento coral em nosso Estado.

O evento reuniu escolas municipais, particulares e estaduais. Ao todos participaram cinco unidades e a proposta foi incentivar o interesse pela música através das apresentações, que não tiveram caráter competitivo.

O projeto é coordenado pela professora da UFMS, Ana Lúcia Gaborim, e tem parceria com a Semed, por meio da Divisão de Esporte, Arte e Cultura (DEAC). “A ideia desse encontro é fazer com que cada regente conheça o trabalho de outros regentes, que tenham outros tipos de trabalho e que as crianças percebam que existem outros coros”, disse.

Além da escola Ione Catarina, participaram do evento a Escola Estadual Coração de Maria, Escola do SESC Lageado “General Osório” e o “PCIU!”, projeto de extensão comandado por Ana Lúcia no campus da UFMS.

Na apresentação, os 39 alunos da escola Ione Catarina que atuam no coro, foram regidos pelo maestro Rafael Ortega, que escolheu um repertório popular, com músicas como “Aleluia”, de Leo Cohen, “Trem bala”, de Ana Vilela, e “A flor e o beija flor”, de Henrique e Juliano/Marília Mendonça.

A estudante Tainara da Silva Peixoto, do 7º ano da escola Ione Catarina comenta sobre a emoção de participar deste projeto. “Eu achei legal a oportunidade pra se divertir e treinar. Em casa eu treino na frente do espelho. Acredito que com esse projeto posso ter uma oportunidade na vida”, disse.

Para o aluno Miguel da Silva Santos, de 12 anos, do 7º ano, o apoio da família no projeto é fundamental. “Achei uma maravilha! Gostei quando todos foram cantar a música “Trem Bala”. Eu faço o projeto com muito carinho. Minha família sempre me apoiou para cantar”, destacou.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS