Ensaio Geral - Acadêmico é vencedor de concurso mundial de fotografia
Concurso | Da redação | 28/06/2017 11h08

Acadêmico é vencedor de concurso mundial de fotografia

Compartilhe:

Gabriel Castilho Ribeiro de 17 anos, acadêmico de Publicidade e Propaganda da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), foi o vencedor do concurso mundial iPhone Photography Awards, na categoria “Retrato”. A foto premiada foi tirada pelo universitário na casa onde mora e mostra o primo dele sob a luz da janela.

O concurso, que completou 10 anos em 2017, foi apresentado ao acadêmico pelo professor Ado Biagi. Gabriel explicou que, à época, nem considerou a inscrição, pois acreditava que era muito inexperiente para o concurso. Porém, no final de 2016, ele começou a tirar fotos com o celular, a maioria de paisagens, e no começo deste ano, quando recebeu a visita de um primo que não via há muito tempo, fez o registro que viria a ser o ganhador.

“Fiquei surpreso com o resultado final. Acho que é mais difícil de competir na categoria ‘Retrato’ do que em ‘Paisagem’, mas mesmo assim quis tentar com essa foto. Não é só porque adoro meu primo, quis enviá-la para a competição porque tem algo que chama muita atenção nela; quando a vejo não consigo tirar os olhos dela”, explicou o acadêmico.

As inscrições para o concurso se encerraram em 31 de março e Gabriel enviou a foto, junto com várias outras, quatro semanas antes do fim do prazo. O concurso é composto por 19 categorias como “Pôr do Sol”, “Pessoas”, “Retratos” e “Paisagens” e só permite inscrições de fotos tiradas e editadas pelo próprio celular, com o intuito de promover a ideia de que não é estritamente necessário o uso de equipamentos profissionais para registrar uma boa imagem e fazer uma obra de arte. “Com cada nova expansão disponibilizada no celular, todos têm a oportunidade de ser um bom fotógrafo”, comentou Gabriel.

Como símbolo da vitória, o acadêmico de Publicidade e Propaganda ganhou um pequeno troféu dourado e, além disso, vai receber um iPad e um AppleWatch. Outros quatro fotógrafos tiveram trabalhos selecionados pelos juízes do concurso e também serão premiados com os aparelhos.

Para Gabriel, que buscou inspiração no pai dele, que é fotógrafo profissional, afirmou que conquistar o prêmio serviu para inspirá-lo ainda mais a se inscrever em outras disputas: “Pretendo participar de novos concursos, inclusive, novamente do IPhone Photography Awards no ano que vem”.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS