Ensaio Geral - MinC realiza Encontro com o Circo
Circo | Da redação/com Ministério da Cultura | 29/04/2015 11h25

MinC realiza Encontro com o Circo

Compartilhe:
Área circense é a próxima a participar da série de conversas que o MinC vem realizando para debater políticas públicas para as artes (Foto: Tânia Rego) Área circense é a próxima a participar da série de conversas que o MinC vem realizando para debater políticas públicas para as artes (Foto: Tânia Rego)

Artistas, produtores e representantes da área circense serão os próximos a participar da série de conversas que o Ministério da Cultura (MinC) vem realizando com o objetivo de ampliar o debate sobre as políticas públicas para as artes e sobre a reestruturação da Fundação Nacional de Artes (Funarte). O "Encontro com o Circo" será realizado no próximo dia 5 de maio, às 17h, no 12º andar do Edifício Parque Cidade, em Brasília, com transmissão ao vivo pelo site e pelas redes sociais do MinC.

Participarão do encontro o ministro da Cultura, Juca Ferreira, o presidente da Funarte, Francisco Bosco, o diretor do Centro de Artes Cênicas da instituição, Leonardo Lessa, e o coordenador de Circo, Marcos Teixeira Campos.

Este será o terceiro encontro com esse objetivo promovido pelo MinC. O primeiro deles foi em São Paulo, no dia 4 de março, com a classe musical. O segundo foi no dia 16 de abril, em Brasília, com representantes do teatro. Outros segmentos artísticos também serão convidados a participar da roda de conversas.  

Nos dois primeiros encontros, diversas sugestões já foram apresentadas, como a necessidade de desburocratização dos editais e maior transparência nos processos de seleção de projetos. Os participantes sugeriram também a presença de gestores municipais e estaduais e, ainda, a realização de parcerias com outros órgãos, como o Ministério da Educação, com o intuito de organizar e fomentar as atividades de formação de público.

Sobre a reformulação da Funarte, Francisco Bosco explicou que o processo será realizado por meio de três linhas de ações principais: uma plataforma digital nos moldes de processos consultivos e colaborativos existentes; uma série de seminários que serão realizados na Fundação Casa de Rui Barbosa; e a Caravana das Artes, que viajará pelos 26 estados e pelo Distrito Federal para levantar as peculiaridades das linguagens artísticas e reuni-las para a elaboração da Política Nacional das Artes. 

"Vamos criar uma base de informações, diagnósticos e pesquisas, levando em conta a pluralidade e a complexidade da cultura brasileira. Essas propostas servirão de base para políticas públicas consistentes e duradouras", afirmou Bosco.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS