Cinema | Da redação | 25/10/2018 11h18

Cineclube UFGD sediará o Dia Internacional da Animação

Compartilhe:

A programação deste sábado (27) do projeto de extensão Cineclube UFGD será com os filmes do Dia Internacional da Animação - mostra de curtas-metragens de desenhos animados nacionais e internacionais. A sessão é aberta para maiores de 12 anos, gratuita e acontecerá às 17h, no cineauditório da Unidade 1 da UFGD (Rua João Rosa Góes, 1761, Vila Progresso).

O Dia Internacional da Animação é celebrado em 28 de outubro relembrando a primeira projeção pública de imagens animadas do mundo, quando Charles-Émile Reynaud exibiu o filme Pauvre Pierrot, em 28 de outubro de 1892.

Em 2018 ele será comemorado em centenas de cidades de todos os estados do Brasil mais o Distrito Federal, nos dias 26, 27 e 28 de outubro, antecipando os dias de exibição para além do domingo, por conta da apuração do segundo turno das eleições.

Desde 2004, a Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA), realiza o Dia Internacional da Animação (DIA), que é o maior evento de exibição simultânea do país. A comemoração também acontece em dezenas de países, tais como, EUA, França, Portugal Coreia do Sul, Egito, Austrália, Japão, entre outros, celebrando a data em que ocorreu a primeira exibição de imagens animadas no mundo.

Em meio a inúmeros títulos, já foram exibidos os curtas Guida (Rosana Urbes), Viagem na chuva (Wesley Rodrigues), Dossiê RêBordosa (Cesar Cabral), O projeto do meu pai (Rosaria). Neste ano, um dos destaques é o curta Torre, dirigido por Nádia Mangolini e premiado no Festival de Cinema de Gramado com os Kikitos de “Melhor filme do público”, “Melhor filme pela crítica” e “Melhor direção de arte pelo júri oficial”.

DIA INTERNACIONAL DA ANIMAÇÃO
O evento gera a integração cultural em todas as regiões do país, mobilizando diversas comunidades e facilitando a inclusão e o acesso da população à cultura. Uma das grandes características do Dia Internacional da Animação é a exibição de filmes não só nos grandes centros, como também em muitas cidades do interior do Brasil que não tem salas de cinema.

Nos últimos anos, houve algo próximo de 100 mil espectadores, porém, essa é uma conta que não tem como ser exata, uma vez que acontece de forma absolutamente gratuita e em lugares alternativos e acessíveis, como escolas e praças públicas. Em se tratando de financiamento, o projeto é viabilizado através de leis de incentivo por meio de editais do Ministério da Cultura e Secretaria do Audiovisual via Fundo Nacional da Cultura.

Mais informações: www.diadanimacao.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/diainternacionaldanimacao
Instagram: https://www.instagram.com/diadanimacao/

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS