Ensaio Geral - Fundação de Cultura realiza oficina de Educação Patrimonial em Palmeiras e Campo Grande
Bisbilhoteca | Jeozadaque | 28/03/2012 12h53

Fundação de Cultura realiza oficina de Educação Patrimonial em Palmeiras e Campo Grande

Compartilhe:

A Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Gerência de Patrimônio Histórico e Cultural, promove nos dias 29 e 30 de março (quinta e sexta-feira), na Escola Municipal Nero Menezes de Ávila, em Palmeiras e no Ceinf Indubrasil, em Campo Grande, a oficina pedagógica do Projeto de Educação Patrimonial “Educar para Proteger – Geopark Bodoquena - Pantanal”. Desenvolvido desde 2011 pela Fundação de Cultura, o Projeto de Educação Patrimonial – “Educar para Proteger – Geopark Bodoquena - Pantanal” envolve cinco municípios: Campo Grande, Terenos, Aquidauana, Miranda e Dois Irmãos do Buriti. É um projeto de ação permanente da Fundação cujo objetivo é sensibilizar e conscientizar as pessoas para a preservação do patrimônio cultural a concretização de projetos que envolvam cultura e educação. A oficina pedagógica é destinada a professores do Ensino Fundamental, sendo ministrada pela coordenadora do projeto, a pedagoga e mestre em desenvolvimento local Maria Christina Félix, pelo historiador Carlos Versoza e pelo professor-doutor Paulo Robson de Souza, biólogo com ampla experiência docente. O professor-doutor Paulo Robson de Souza enfatizará sobre preservação ambiental e comentará com os docentes uma forma lúdica e prazerosa de se trabalhar a questão com a Educação Infantil, destacando músicas e poemas de seu livro “Animais Mais Mais”. As oficinas visam o esclarecimento de metodologia e os preceitos da educação patrimonial, bem como oportunizar aos docentes um momento de reflexão sobre o tema Geopark Bodoquena- Pantanal, tema do Projeto de Educação Patrimonial em 2012. “A comunidade é a melhor guardiã de seu patrimônio. Sendo assim esse projeto busca sensibilizar estudantes para o aspecto do pertencimento social, essencial para o fortalecimento da cidadania”, explica o presidente da Fundação de Cultura, Américo Calheiros. Serviço: Informações sobre as oficinas podem ser obtidas na Gerência de Patrimônio Histórico e Cultural, da Fundação de Cultura, pelos telefones 3316 - 9164 ou com a professora Christina, no 8408–5153. Da Redação/Com Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS