Ensaio Geral - Depois da virada, agenda cultural volta a se intensificar em Campo Grande
Agenda | Correio do Estado | 11/01/2017 13h53

Depois da virada, agenda cultural volta a se intensificar em Campo Grande

Compartilhe:

Aos poucos, a agenda cultural de Campo Grande vai se aquecendo e eventos começam a ganhar os dias de semana. Feira cultural, shows e outros eventos conquistaram espaço na cidade neste início de 2017. Confira:

FEIRA SÃO CHICO
No cruzamento da rua 14 de Julho com a Avenida Euler de Azevendo, uma praça abriga a Feira Coletiva São Chico. Começa às 18h e vai até as 23h. No local, artesanato, gastronomia e artes dão o tom. Além disso, os visitantes podem encontrar verduras e legumes orgânicos.

DESPLUGADO
Às quartas-feiras, no 21 Music Bar – Rua São Vicente de Paula, 160 –, o músico Jenner Melo assume o microfone e faz sessões desplugadas com músicos convidados. Ele é vocalista da Bella Xu, banda que deixou Campo Grande para tentar a sorte em São Paulo. A festa começa às 20h e se encerra às 23h. A entrada é R$ 10.

DUO
Júlio Borba e Gabriel de Andrade apresentam, na quinta-feira, às 20h, o projeto “estamOs”, de repertório autoral, com composições e arranjos feitos especialmente para este trabalho. A estreia do duo acontece na Brava, localizada na Avenida Calógeras, 3.100. A entrada é gratuita, mas será cobrado couvert.

SHOWS
O Sesc Morada dos Baís – Avenida Noroeste, 5.140 – retoma sua programação musical com diversos shows, sempre a partir das 20h. Na quinta-feira, Joaquim Seabra faz um show retrô com canções de Elvis Presley. Sexta-feira é dia de Farrapos e Trapos, com resgate ao velho e bom rock’n’roll. Sábado é a vez da banda Haiwanna. A entrada é gratuita.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS